Newsletter

Postal Saúde lança Cartilha de Prevenção ao Assédio Moral

Publicação visa conscientizar colaboradores da Operadora e inibir práticas incompatíveis com o ambiente de trabalho

Nesta quinta-feira (2), Dia Nacional de Combate ao Assédio Moral, a Postal Saúde lança sua primeira cartilha de prevenção ao Assédio Moral no Ambiente de trabalho.

O objetivo central da cartilha é contribuir com um ambiente laboral saudável e produtivo, prática essa cultivada diariamente pela Postal Saúde.

Além de promover a conscientização sobre o tema, a partir de diferentes perspectivas, o documento apresenta exemplos práticos de situações que configuram assédio, bem como as causas e consequências desse tipo de conduta inaceitável.

Para mais, a cartilha aponta formar de se prevenir e combater o assédio moral de forma bastante didática e em conformidade com o que está previsto no Código de Conduta e Integridade da Postal Saúde e de outros dispositivos legais previstos no ordenamento jurídico brasileiro.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, assédio moral é um tipo de violência psicológica que fere direitos de personalidade dos indivíduos.  Especialistas definem ainda que toda e qualquer conduta abusiva, manifestada por comportamentos, palavras, atos, gestos ou por escrito que possam trazer danos à personalidade, à dignidade ou a integridade física e psíquica de uma pessoa, pondo em perigo o seu emprego ou degradando o ambiente de trabalho se enquadra em assédio moral.

“Cabe a todos nós, sobretudo aos gestores e líderes, implantarmos a cultura de ‘tolerância zero’ a todo o tipo de assédio e preconceito que contaminam o ambiente de trabalho. Devemos sempre, sem medir esforços, promover e manter o equilíbrio e o respeito nas relações de trabalho mantidas sob nossa integral responsabilidade”, ressalta Cristiano Sayão, Diretor-Presidente da Postal Saúde.

Segundo o dirigente, promover ações dessa natureza é fundamental. Afinal, “A Postal Saúde cuida de milhares de vidas e para preservá-las precisamos cultivar boas práticas, cuidar do nosso universo de trabalho, por meio do respeito mútuo e do acolhimento. Um ambiente de trabalho sadio reflete positivamente no nosso maior patrimônio – os beneficiários”, destaca Sayão.

O que a Postal tem feito?

  • Implementação de um Programa de Integridade e políticas associadas que conceituem e apresentam o combate ao assédio moral em todas as formas;
  • Existência de uma unidade de Compliance responsável pelo monitoramento e implementação de políticas e ações voltadas ao Programa Integridade;
  • Canal de denúncias confidencial e seguro para os colaboradores realizarem casos de assédio moral sem medo de retaliação. Além da promoção de uma cultura organizacional que valorize o respeito, a diversidade e a inclusão. 

www.postalsaude.com.br/CARTILHA-DE-PREVENCAO-AO-ASSEDIO-MORAL

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *