Câncer de próstata: Quatro em cada 10 homens realizaram exames

Levantamento da It’sSeg revela também que a proporção de mulheres que fizeram exames de câncer de mama é ainda menor

Uma pesquisa realizada pela It’sSeg, terceira maior corretora de seguros do país especializada em gestão de benefícios, revela que apenas quatro em cada dez homens elegíveis com planos de saúde realizaram exames preventivos de câncer de próstata nos últimos 12 meses. O levantamento aponta que 41,5% dos pacientes fizeram exames para diagnóstico do câncer de próstata de novembro de 2022 a outubro de 2023. O percentual é praticamente o mesmo que o verificado no mesmo período anterior, quando 41,21% do público masculino elegível realizou o procedimento.

“Essa pesquisa mostra que a quantidade de homens que realizam o exame preventivo de câncer de próstata é ainda muito baixa. Estamos falando de menos da metade do público elegível. Há muitas campanhas de conscientização e programas de aconselhamento para aumentar a participação desse público. Esperamos que esse tipo de ação ajude a aumentar conscientização dos homens para uma doença que pode ser fatal”, alerta Danilo Nakandakare, médico superintendente de Gestão de Saúde da It’sSeg.

O Instituto Nacional do Câncer estima que cerca de 700 mil novos casos de câncer sejam diagnosticados de 2023 a 2025. Ainda de acordo com o órgão, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, perdendo apenas para o de pele não melanoma.

O levantamento contemplou uma amostra de 560 mil vidas da carteira da It’sSeg, entre titulares e seus dependentes, de novembro de 2022 a outubro de 2023. O objetivo foi identificar o comportamento de homens e mulheres elegíveis para a realização de exames preventivos de alguns tipos de cânceres.

O estudo também revelou que o número de mulheres que fizeram exames preventivos de câncer de mama está abaixo da média masculina. De acordo com o levantamento, apenas três em cada dez mulheres elegíveis passaram por esse tipo de procedimento de novembro de 2022 a outubro de 2023, atingindo 28,9%. O indicador é inferior ao verificado no mesmo período anterior, quando 31,7% declararam ter realizado o exame.

O público feminino também obteve uma baixa participação no exame preventivo de câncer de colo uterino, quando 24,4% das mulheres elegíveis declararam ter passado pelo procedimento. O número é ainda menor ao constatado no mesmo período anterior, quando 31,2% das elegíveis fizeram o exame.

O Instituto Oncoguia estima que nos países desenvolvidos, 50% dos casos de câncer são curados, mas quando o diagnóstico é precoce as chances de cura aumentam para 90%.

Infelizmente, os indicadores de rastreamento precoce, ainda são baixos, estima-se que 67,2% dos homens, iniciam o tratamento oncológico com o diagnóstico tardio, enquanto 59,4% das mulheres apresentaram-se nesta situação.

A It’sSeg também conseguiu identificar a participação desses públicos por segmento. Confira:

nov/22 a out/23

SEGMENTO

CA MAMA

CA ÚTERO

CA PRÓSTATA

Banco e Financeira

50,72%

23,07%

71,45%

Comunicação

27,43%

26,21%

45,50%

Educação

28,96%

16,33%

37,17%

Escritório de Advocacia

38,61%

40,00%

54,84%

Indústria

34,41%

28,56%

44,93%

Logistica

41,92%

24,09%

55,46%

Serviços

25,53%

20,96%

29,71%

Tecnologia

40,39%

39,53%

42,39%

Varejo

34,10%

36,70%

43,41%

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe seu e-mail e inscreva-se na nossa newsletter.